SWOT: O caminho para o sucesso

Você já deve ter perdido as contas de quantas “fórmulas mágicas” já foram criadas para alcançar mais vendas, quantos gurus do marketing já apareceram e até receitas para vender mais.

Se você está no meio empresarial, você sabe que o caminho é árduo e não existe receita de bolo para o sucesso. É aí que entra a análise SWOT do seu negócio, que se você ainda não fez, nunca é tarde demais.

A sigla SWOT representa em português os seguintes termos: Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças. Tal conceito pode ser aplicado a todo tipo de empresa, servindo de ponto chave para nortear as estratégias e posicionamento da mesma.

Existe uma grande chance de você já ter ouvido esse termo ou já conhece o conceito. Mas você já parou para fazer essa análise dentro da sua empresa? Se sim, parabéns! Se não, a hora é agora! A “crise” é sempre pior para quem não possui um objetivo. Tudo isso pode parecer meio óbvio, porém muita gente se perde na hora de fazer a análise SWOT, por isso, vamos exemplificar:

Forças:

Pense no seguinte, quais são os diferenciais do seu negócio. Pense no que realmente faça a diferença. Exemplos: Boa localização, Formas de pagamento, Equipe engajada.

Por mais que esses sejam pontos positivos e que já estejam em funcionamento, esta análise vem como parâmetro para você potencializar essas características. Seguindo o exemplo citado acima, teremos então:

Boa localização: Montar estratégias voltadas para o marketing local

Formas de pagamento: Oferecer mais possibilidades de prazos e descontos

Equipe engajada: Criar um plano de remuneração para os seus funcionários

 

Fraquezas:

São os elementos que atrapalham o negócio como um todo, é importante pensar em possíveis problemas que influenciam nas vendas de forma negativa. Mas lembre-se, não mascare os problemas, para obter um resultado deve-se ser totalmente sincero quanto aos problemas internos e externos do negócio. Exemplos: Problemas no estoque, Preço acima do mercado, Entrega, Baixa retenção de clientes.

Quando citamos forças devemos potencializar, nas fraquezas o trabalho é bem mais árduo.

Falta de produtos no estoque: Analise os produtos que mais faltam usando como parâmetro a sua demanda. Fazendo essa análise a fundo, comece a comprar mais do que tem demanda e abandone o que não tem.

Preço acima do mercado: Negocie mais com os fornecedores e compre em maior escala os produtos que têm mais giro.

Entrega: Seja o cliente por um dia e faça um pedido em sua loja, a partir disso veja quais foram os pontos negativos e trabalhe para melhora-los.

 

Oportunidades:

Oportunidades são aspectos externos que influenciam em seu negócio. Mesmo que exista a possibilidade de acontecerem, eles não estão sobre o controle da empresa. Exemplos: Nova demanda do mercado, Lançamento de uma nova lei, Concorrente com problemas.

Mesmo que a notícia seja extremamente atrativa e aparentemente lucrativa, todo processo deve acontecer mediante a um preparo.

Nova demanda do mercado: Análise do processo de produção e desenvolvimento de um produto que atenda a nova demanda

Concorrente com problemas: Muitos encaram isso com ignorância, porém, essa pode ser uma oportunidade de aquisição ou fusão, potencializando sua empresa no segmento e virando uma referência no setor

Lançamento de uma nova lei: Otimize os processos ou desenvolva um produto que atenda a mesma

 

Ameaças:

Esses são os aspectos que atrapalham o negócio de alguma forma, assim como as oportunidades, eles estão fora do controle da empresa, mas também possuem chances de acontecer. Exemplos: Entrada de um grande concorrente no mercado, Problemas para adquirir mão de obra, Extinção do mercado.

Por mais que seja assustador a princípio, as fraquezas devem ser encaradas de frente e pensando sempre na sobrevivência do negócio.

Entrada de um grande concorrente no mercado: Ofereça benefícios para os seus clientes e reforce o relacionamento

Problemas para adquirir mão de obra: Desenvolva um curso de qualificação

Extinção do mercado: Faça uma análise de um novo mercado levando em conta o seu processo de produção

 

Como vimos, nada é uma receita pronta, deve-se fazer uma análise detalhada pois cada negócio possui suas peculiaridades. Lembre-se, para obter um planejamento de sucesso deve-se conhecer todos os pontos do negócio, sejam eles positivos ou negativos.


Sobre a Vilesoft: A Vilesoft fornece soluções de gestão empresarial integrado - ERP/RH, há três décadas, é afiliada à ABF - Associação Brasileira de Franquias desde 2007. Mais informações sobre a Vilesoft podem ser encontradas no portal vilesoft.com

Categorias


Somos
Associados
Somos
Certificados

Acompanhe