Vilesoft no GS Notícias

Fraqueadoras que apostam no modelo HOME-OFFICE para atrair novos investidores.

PARA VER A MATÉRIAS COMPLETA, CLIQUE AQUI

Formato, que permite o franqueado tocar o negócio de casa, ganhou popularidade por ter baixo investimento; para marcas, estrutura se tornou a porta de entrada para abertura de lojas físicas

São Paulo - Em um momento em que a demanda por franquias de baixo investimento tem bombado no setor, redes investem no modelo home-based para atrair franqueados. O objetivo com o movimento é que posteriormente o investidor migre para os formatos mais caros.

Exemplo disso é a Vilesoft, franqueadora do segmento de tecnologia que lançou em março deste ano sua franquia home-based (que permite ao franqueado operar o negócio de sua própria casa). De acordo com o CEO da companhia, Roger Maia, um dos objetivos com o lançamento "é que o modelo sirva para atrair franqueados para a rede, para que depois eles migrem para o office premium (formato de loja com investimento de R$ 75 mil)."

Para estimular ainda mais o movimento, o empresário afirma que ao migrar para o modelo mais caro, a taxa de franquia paga na primeira aquisição é descontada do valor total da nova compra.

Somos
Associados
Somos
Certificados

Acompanhe